Aurélio Aquino - verbos

Assim se invente a vida, coisa de não sofrer, jeito de ser querida

Textos
Haikais (2) Poesias (398)
Título Categoria Data Leituras
Cordel da vida inteira Poesias > Pensamentos 17/09/07 1075
Dizeres em torno do amor Poesias > Amor 21/02/09 853
Poema à mulher da bunda grande Poesias 16/02/10 535
Poema zoológico Poesias > Pensamentos 04/05/08 430
Dizeres do sentinte Poesias > Pensamentos 03/04/06 392
Dissertação pronominal à liberdade Poesias > Pensamentos 21/03/10 274
Versos do sofrer Poesias > Social 15/01/06 250
poema ao meu avô Poesias > Amizade 30/07/07 235
Poema ao retrato de Olga Benário Prestes Poesias > Social 02/04/10 234
poema à burocracia Poesias > Social 06/03/10 203
Ile Ifé Poesias > Espiritualistas 15/01/06 158
A bailarina Poesias 17/02/06 157
Poema ao catador de papéis Poesias > Social 06/07/06 147
Tempo Poesias > Pensamentos 11/10/06 113
dissertação adjetiva do sanhauá Poesias > Social 15/01/06 97
Palavras a Osagyian Poesias 19/08/06 91
De Olinda em carnaval de tudo Poesias > Social 15/01/06 91
Versos a Sô Dinda Poesias > Amor 06/03/10 87
Dos olhares e tanto Poesias > Pensamentos 02/06/08 80
Da palavra Poesias > Pensamentos 29/03/09 78
Página 1 de 20 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras