Aurélio Aquino - verbos

Assim se invente a vida, coisa de não sofrer, jeito de ser querida

Textos
Haikais (2) Poesias (399)
Título Categoria Data Leituras
Da maternidade e alguns indícios Poesias > Pensamentos 09/05/17 3
das intermitências do tempo Poesias > Pensamentos 09/05/17 3
das itinerâncias de mim Poesias > Pensamentos 09/05/17 2
do sonho e sua imanência o Poesias > Pensamentos 09/05/17 1
das imanências e outras vertentes Poesias > Pensamentos 09/05/17 1
Da sinergia e da alma com ligeiros falsetes Poesias > Pensamentos 11/12/16 7
Do coração em regras e repiques Poesias > Pensamentos 24/10/16 10
Da procissão e dos descaminhos Poesias > Pensamentos 02/08/16 6
Das certezas e das destemperanças Poesias > Pensamentos 26/07/16 9
Dos ilimites do futuro Poesias > Pensamentos 07/07/16 12
Verso desconsolado Poesias > Pensamentos 03/05/16 12
Pequena romaria em torno de mim Poesias > Pensamentos 20/10/15 17
Dos meus tempos e das minha desmedidas Poesias > Pensamentos 02/10/15 13
súbitas apreciações acerca do verbo Poesias > Pensamentos 01/10/15 10
Da ética fração da vida Poesias > Pensamentos 27/09/15 14
Dos caminhos insurgentes Poesias > Pensamentos 27/09/15 10
Poema de circunstância Poesias > Pensamentos 27/09/15 9
Das andaduras e intimidades do tempo Poesias > Pensamentos 27/09/15 9
Ode às ovelhas da pátria Poesias > Pensamentos 27/09/15 8
Aos moldes de cordel, com entrelinhas Poesias > Pensamentos 29/07/15 34
Página 2 de 21 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras