Aurélio Aquino - verbos

Assim se invente a vida, coisa de não sofrer, jeito de ser querida

Textos
Haikais (2) Poesias (399)
Título Categoria Data Leituras
Dos métodos e divisões da alma Poesias > Pensamentos 07/07/14 11
Das medições da vida e outros afazeres Poesias > Pensamentos 02/07/14 8
Pequena digressão com laivos de poema Poesias > Pensamentos 25/06/14 11
de sonhos como sentido Poesias > Pensamentos 11/06/14 8
de ações e direções Poesias > Pensamentos 11/06/14 5
Da Africanidade, das imanências e da transcendência Poesias > Pensamentos 08/06/14 14
Das ruas de mim Poesias > Pensamentos 07/06/14 13
Balada patriótica e arruamentos gerais Poesias > Pensamentos 03/06/14 6
Dos sonhos em rápida instância Poesias > Pensamentos 01/06/14 11
Da insônia em ritmos Poesias > Pensamentos 20/05/14 10
Da urbana sina Poesias > Pensamentos 19/05/14 10
Do divino e suas demarches Poesias > Pensamentos 17/05/14 7
Pequeno dizer sobre a alienação Poesias > Pensamentos 17/05/14 6
Trajetória Poesias > Pensamentos 15/05/14 7
Da permanência das ruas Poesias > Pensamentos 05/05/14 13
Do poema e limites Poesias > Pensamentos 04/05/14 14
Pequena digressão acerca do dia Poesias > Pensamentos 04/05/14 13
Do desenrolar das horas Poesias > Pensamentos 30/04/14 7
Do desejo e seus circunlóquios Poesias > Pensamentos 17/04/14 9
Poema ao povo das cores Poesias > Pensamentos 17/04/14 12
Página 5 de 21 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras