Aurélio Aquino - verbos

Assim se invente a vida, coisa de não sofrer, jeito de ser querida

Textos

Das virtudes teologais em avessa lógica
nunca creio.
o fato é invólucro
de relativos efeitos
o que era hoje
pode ser um ontem desfeito
sempre creio.
o fato é notícia
de tempos incautos
que permitem o povo
nos seus saltos.
O desejo
é só uma dança
que o futuro diz
da esperança
é que trazê-la avulsa
pelas praças
é o sentido da luta
em que nos lançam
o amor
sempre é um comício
nada do que lhe tange
é indício
sua razão é peregrina
de fatos e notícias
como uma estrada estendida
da largura exata da vida.
Aurélio Aquino
Enviado por Aurélio Aquino em 01/07/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (por Aurélio Aquino). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras